Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

BAGAS DE BELADONA (7)

Dezembro 29, 2015

Tarcísio Pacheco

Cavaco 2.jpg

 imagem em: http://vaderetro-hurtiga.blogspot.pt/2009_12_01_archive.html

 

BAGAS DE BELADONA (7)

 

 

HELIODORO TARCÍSIO

 

BAGA CAVACO - Todos os que me conhecem sabem do carinho e admiração que nutro por Cavaco Silva. Ao ponto de ter publicado no meu Facebook um link para um calendário countdown até 24 de Janeiro. Agora que se avizinha esse triste dia em que nunca mais ouviremos falar dele, talvez seja o momento para lhe fazer alguma justiça. É que há tanta gente que não lhe tem amor algum, o que é uma manifesta ingratidão. Até dizem que ele, recentemente, na sua Mensagem de Natal, falou da alegria desta quadra com uma carranca de velório. Mas é preciso lembrar que ele está sempre muito à frente. Que Portugal é um país profundamente católico, como nos tem dito ultimamente aquele outro senhor muito inteligente que está na moda, o Pedro Arroja, esse Zé Cabra da intelectualidade nacional. Provavelmente, Cavaco estava a lembrar-se que, no dia 25 de Dezembro, mais do que festejar-se o nascimento de um bebé qualquer que ninguém conhecia, filho de um pobre e crédulo carpinteiro da Judeia, talvez se devesse assinalar que há 2015 anos faltavam exatamente 33 anos para a sua morte e isso não tem piada alguma. Cavaco não pensa como uma pessoa vulgar. E não vale a pena tentarmos chegar lá, não é para o comum mortal. Também não é admissível a crítica de que Cavaco tem sempre um ar austero e que não acha graça a nada. Ele tem consultores de imagem. E eles chegaram rapidamente à conclusão de que convindo ele parecer inteligente, no caso dele, a única solução era falar o menos possível, manter um carão severo e nunca rir para não correr o risco de rir de alguma anedota que não entendesse ou nem sequer fosse anedota. Certo, houve o episódio do bolo-rei. Mas nenhum consultor de imagem teria previsto que Cavaco fosse falar em público com a boca cheia de bolo-rei. Foi apenas um triste imprevisto, uma manifesta infelicidade que algum jornalista comuna divulgou maliciosamente. E poucos conhecem o seu coração gentil e generoso, o pesar que manifesta pelos que nada têm, os cabazes de Natal que queria enviar a Ricardo Salgado, à família e sócios de Horácio Roque, preocupado com a consoada desses novos pobres. Foi apenas dissuadido pela Dona Maria, sabendo que as mordomias presidenciais estão a chegar ao fim e que vêm aí tempos difíceis para casais de reformados nesta Comunidade Euro-Germânica. Consta que Cavaco terá mesmo já perdoado a Catarina Martins e Jerónimo de Sousa por serem comunistas porque até Jesus disse “Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem”…É uma alma lavada, Cavaco, embora infelizmente e creio que há já um bom tempo, fora de prazo.

BAGA CHAMA O ANTÓNIO - Tenho de principiar por agradecer ao António Desventura e retribuir os votos de Boas Festas, visto que também sou leitor do DI. Ora, o bom do nosso António diz que “aos poucos” vamos percebendo que António Costa não cumpre as promessas eleitorais, basicamente porque subiu pouco as pensões. O nosso António deve ser um cow-boy quezilento, rápido no gatilho, tendo em conta que Costa mal começou a governar. Ainda assim, Costa vai subir as pensões, embora pouco. E devolver salários roubados, feriados roubados e outras coisas roubadas embora, infelizmente, não deva ser capaz de devolver tudo o que nos foi roubado em 4 anos, especialmente a nossa população jovem, a saúde de muitos e a alegria de viver de tantos. O caricato é que o nosso António acusa Costa de não cumprir promessas eleitorais quando é deputado do partido que esteve no poder 4 anos e cujo líder, Passos Coelho, praticamente não cumpriu qualquer promessa eleitoral. Ah nosso António, o senhor é muito engraçado, acho que foi para si que o querido Toy escreveu aquele grande êxito “Chama o António”. Aliás, um político esperto deve ter o seu verniz cultural e dar-se com artistas do seu nível. POPEYE9700@YAHOO.COM

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2002
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2001
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2000
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 1999
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Fazer olhinhos

Em destaque no SAPO Blogs
pub