Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

BAGAS DE BELADONA (30)

Janeiro 27, 2017

Tarcísio Pacheco

trump 1.jpg

 

imagem em: https://pt.pinterest.com/marybethhebert/trump-caricatures/

 

BAGAS DE BELADONA (30)

 

HELIODORO TARCÍSIO

 

BAGA WHITENING TRUMP - Está em curso a grande operação “Whitening Trump”. Agora, Trump é um amor de pessoa e até adora emigrantes, desde que tenham pele branca, genes eslavos e mamas. Devem ter menos tendência para protestar quando são apalpadas. Se lesse alguma coisa, não tenho dúvidas que “O Principezinho”, de Saint-Exupéry seria o seu livro de cabeceira. Com o seu grande coração, forrado a ouro e em forma de torre, ele sente-se pessoalmente responsável por cada um dos milhões de americanos que cativou. Se gostasse de cinema, essa arte liberal e decadente, seria um admirador de Michael Moore. Tenho poucas dúvidas do que terá dito a Marcelo Rebelo de Sousa nos 10 minutos de conversa telefónica que mantiveram recentemente, em canal diplomático: “Don Marcel - é assim que vocês, latinos se tratam todos, não é - pode ficar tranquilo, a base das Lajes é uma prioridade na minha agenda política, logo a seguir ao muro na fronteira com o México; sou um admirador incondicional da ilha das Lajes, uma ilha muito cool, com as suas praias de areia branca e coqueirais e até já mandei plantar hydrangeas nos jardins da Casa Branca, o Nunez, que é um gajo porreiro e cá dos meus, arranjou-me umas mudinhas…Ia mudar o cenário, de qualquer maneira, a Michelle tem um gosto péssimo, a começar pela escolha de marido, nem se compara com a minha Melania, uma mulher branquinha como deve ser, de muito bom gosto para homens e a primeira responsável pelo meu belíssimo penteado. Mas ainda bem que ligou, o Nunez diz que o pessoal da ilha das Lajes constrói uns maravilhosos muros de pedra, que não precisam de betão; isso pode dar-me muito jeito, lá no México; portanto, mande-me uns quantos pedreiros daí mas veja se vêm legais, senão fazem o muro e ficam logo do outro lado”.
As notícias sobre a comunidade portuguesa nos EUA são meio confusas. Recentemente, uma espécie de representante da comunidade disse que votou em Trump porque conhece muita boa gente que votou nele e não teriam votado se ele fosse mau. Faz sentido. Também diz que é contra o Obamacare, embora não conheça muito bem o plano “porque tem milhares de páginas”. Adianta que a comunidade está calma e não tem medo de Trump. Devem saber que ele só vai deportar os “maus” e que os pastores evangélicos que o vão assessorar têm total competência para fazer a distinção, ou não estivesse Deus do lado da América.

Por cá, Carlos Amaral, ilustre especialista regional em Direito do Trabalho, também está muito optimista. Ele acha que o mundo precisa de mudar e que Trump é um líder “realista”. Trump sabe perfeitamente que isso do aquecimento global é uma grande tanga, uma “mistificação”, que provém de académicos comunistas, catastrofistas alucinados e eco terroristas. Estes também vão limpar, juntamente com o terrorismo islâmico, que ele promete erradicar da face da Terra. É bom lembrar que o “Exterminador Implacável” é republicano e bruto. Trump, com o seu ímpeto genial para construir coisas grandes, torres e assim, sabe que o que os EUA e o mundo em geral precisam é de muita indústria pesada, estradas, aeroportos e de criar postos de trabalho, para tornar a América great again. Depois que ele terminar de asfaltar devidamente o parque de Yellowstone, quero ver se o tal mega vulcão ainda vai ter força para rebentar com aquilo…Esse vulcãozinho não sabe com quem se meteu…Trump, como se impunha, acabou de anular, de rajada todos os disparates de Obama sobre protecção ambiental e anunciou o retomar da perfuração de poços de petróleo e gás de xisto. Se ele mesmo disse, com tanta graça, num dos seus comícios: “Alguém está a ver o ambiente a aquecer aqui dentro???”. Acho que até foi naquele mesmo comício, de morrer a rir, em que ele imitou aquele jornalista patusco e desajeitado, da CNN, que não sabe mexer os braços como deve ser…

Mas o que foi mesmo emocionante foi a reconciliação de Trump com a CIA… Foi como um daqueles documentários fofinhos do National Geography em que vemos escorpiões, dentro dos seus buracos, em momentos de devaneio ternurento com as suas crias…

E a equipa que ele escolheu para o assistir? A nata da sociedade norte-americana…Descendentes daqueles pioneiros que passaram o Oeste a ferro, com índios, bisontes e tudo. Lembra-me um filme antigo, de acção, com o Lee Marvin, salvo erro, qualquer coisa como “Doze Indomáveis Patinhos” ou algo assim…Não me lembra bem, o filme é de 1967…

No fundo, acho que têm todos é muita inveja de Trump… Que português não gostaria de ter um pequeno Airbus, só seu, pintadinho de encarnado, à Benfica, jarrinhas de manjericos no salão, o nome SILVA em letras garrafais na fuselagem e lá dentro, a servir vinho do Porto, um par de voluptuosas hospedeiras ucranianas, bastante flexíveis quanto à compreensiva necessidade que um bem-sucedido homem de negócios sente de apalpar uma mulher lá de vez em quando? POPEYE9700@YAHOO.COM

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2002
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2001
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2000
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 1999
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Fazer olhinhos

Em destaque no SAPO Blogs
pub