Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

popeye9700

Crónicas e artigos de opinião, a maior parte publicada no Diário Insular, de Angra do Heroísmo.

BAGA É NÁAAAAAAA OUTRA VEZ...

Março 08, 2018

Tarcísio Pacheco

1_gEAqbE7JqZZ5RgEC5TEQrQ.jpeg

 

imagem em: https://medium.com/@carlosramalhete/anticomunismo-revolucion%C3%A1rio-9b091461ac48

 

BAGAS DE BELADONA (48)

 

 

HELIODORO TARCÍSIO

 

                  

BAGA É NÁAAAA OUTRA VEZ – Sr. Jorge Moreira Leonardo, com o senhor é mesmo case closed, a menos que demonstre competência para discutir ideias, o que me parece uma esperança vã. Não nego que fui em quem começou e toda a gente sabe que gosto de uma boa polémica. Mas prefiro-a ao nível das ideias. Recordo que no princípio da novela nem sequer o identifiquei e chamei-lhe apenas conservador de direita, que é aquilo que o senhor efectivamente é e não constitui insulto. Já o senhor, como todos os da sua estirpe navega entre o insulto básico e a ameaça de procedimento judicial. É a sua versão de “eu tenho medo de ti mas vou chamar o meu pai para te bater”…Desafiei-o para nos explicar, em tribuna pública, porque é que o capitalismo é um grande bem para o mundo. O senhor respondeu-me com insultos bastante expressivos sobre a minha dignidade e o meu aspecto. Cuidando, talvez, que tentar insultar alguém que nem se conhece de parte alguma e ainda por cima desajeitadamente, é sinal de grande dignidade própria. Mas no fundo até entendo, eu também não escrevo sobre física nuclear ou engenharia de pontes. Não percebo nada disso. Sejamos claros, eu não pareço o que sou e o senhor é o que parece. Nisso é coerente. E poupe-nos à dramatização da sua infância de pobre. O mundo está cheio de gente que se licenciou à sua própria custa, em duras condições ou tardiamente. A vida ensinou-me que a maior parte das pessoas que não seguiram estudos o fizeram por opção ou por limitação pessoal. O resto costuma ser desculpa. Eu próprio, que não tinha recursos de família, não pude estudar no Continente mas enquanto estudei, em Ponta Delgada, fui professor e trabalhei num restaurante e na livraria 9 Estrelas. É claro que, em vez disso, podia ter entrado para o BCA se quisesse e hoje em dia era uma pessoa importante como o senhor. Eu até jogava futebol. São opções. Quem me conhece sabe que me borrifo para o dr. e raramente o uso ou deixo que o usem. Mas para pessoas como o senhor, lamento, quer goste quer não, é mesmo dr. Heliodoro, o meu qualificativo formal de trabalho, segundo o uso e costume nacionais. Portanto, quando me chama publicamente Sr. está claramente a mostrar a sua verdadeira educação, para além do verniz superficial. Quanto ao resto, se insiste em manter a novela aberta e se é assim tão esperto como insinua, explique-me lá, sem insultos, se der com o jeito: o capitalismo é bom porquê? POPEYE9700@YAHOO.COM

 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2002
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2001
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2000
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 1999
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Fazer olhinhos

Em destaque no SAPO Blogs
pub